Protocolos Nupen para Enfermagem

FOTOBIOMODULAÇÃO

Analgesia

Aplicação: Pontual sobre a área dolorida.

Os pontos devem ficar equidistantes em 1,5 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: Nos pontos gatilhos aumentar ligeiramente a energia.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 6 J

Apojadura

Aplicação: Pontual ao redor de toda a mama com pontos equidistantes em 1,5 cm.

Nos quadrantes inferiores da mama, aplicar com distância de 1 cm entre nos pontos.

Posologia: A cada 24 horas.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Deiscência de Ferida Operatória

Aplicação: Pontual dentro da ferida e suas bordas.

Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: Associar a drenagem linfática (1 vez por semana) e Drenagem de Almeida-Lopes* a cada 72 horas.

Terapia: Dermatite Associada à Incontinência

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Dermatite Associada à Incontinência

Aplicação: Aplicar pontos sobre a DAI.

Os pontos devem ficar equidistantes em aproximadamente 1,5 cm.

Posologia: A cada 72 horas.

Observação: No caso de o paciente apresentar muito prurido ou dor, associar pontos de 3 a 4 J de laser.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Dermatite de Contato

Aplicação: Aplicar pontos sobre a dermatite e suas margens.

Os pontos devem ficar equidistantes em aproximadamente 1,5 cm.

Posologia: A cada 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Dermatite Intertiginosa

Aplicação: Aplicar pontos sobre a dermatite intertiginosa.

Os pontos devem ficar equidistantes em 1,5 cm.

Posologia: A cada 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Dermatite Periestoma

Aplicação: Aplicar pontos sobre a dermatite periestoma.

Os pontos devem ficar equidistantes em 1,0 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: No caso de o paciente apresentar muito prurido ou dor, associar pontos de 3 a 4 J de laser infravermelho na periferida.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Dermatite Periferida

Aplicação: Aplicar pontos sobre a dermatite periferida.

Os pontos devem ficar equidistantes em cerca de 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: No caso de o paciente apresentar muito prurido ou dor, associar pontos de 3 a 4 J de laser infravermelho na periferida.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Fissura Mamilar

Aplicação: Aplicar um ponto de vermelho sobre a fissura mamilar.

Aplicar 4 de infravermelho pontos: Norte, Sul, Leste e Oeste sobre a mama.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Fissura Mamilar com Candidíase

Aplicação:

  1. Limpeza adequada da área lesionada.
  2. Aplicação de azul de metileno (0,01 % ou 0,005 %).
  3. Espera de 05 a 10 minutos: tempo de pré-irradiação.
  4. Irradiação pontual com laser vermelho, equidistantes em 1,5 cm.
  5. Remoção (optativa) do agente fotosensibilizador.

Posologia: 1 vez por semana.

Observação: Recomenda-se fazer uso da PDT.

Infecção Fúngica

Aplicação:

  1. Limpeza adequada da área lesionada.
  2. Aplicação de azul de metileno (0,01% ou 0,005 %).
  3. Espera de 05 a 10 minutos: tempo de pré-irradiação.
  4. Irradiação pontual com laser vermelho, a cada 1,5 cm de distância de um ponto ao outro.
  5. Remoção (optativa) do agente fotosensibilizado.

Posologia: 1 vez por semana.

Observação: Recomenda-se fazer uso da PDT.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 9 J

Lesão por Pressão Estágio 1

Aplicação: Pontual sobre a área de risco e perilesão.

Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 J

Lesão por Pressão Estágio 2

Aplicação: Pontual sobre o leito da ferida e periferida.

Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 J

Lesão por Pressão Estágio 3

Aplicação: Pontual vermelho sobre o leito da ferida e pontual infravermelho periferida.

Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Lesão por Pressão Estágio 4

Aplicação: Pontual vermelho sobre o leito da ferida e pontual infravermelho periferida.

Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: Associar a drenagem linfática (1 vez por semana) e Drenagem de Almeida-Lopes* a cada 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho e infravermelho 
  • Energia: 1 a 2 J

Lesão por Pressão Tissular Profunda

Aplicação: Pontual vermelho sobre as bordas e leito da lesão.

Pontual infravermelho perilesão.

Os pontos devem ficar equidistantes em cerca de 1,5 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: Associar a Drenagem de Almeida-Lopes* a cada 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho e infravermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Lesões Isquêmicas

Aplicação: Pontual vermelho sobre o leito da ferida e pontual infravermelho periferida. Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: Associar a drenagem linfática de membros inferiores (1 vez por semana) e Drenagem de Almeida-Lopes* a cada 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho e infravermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Lesões Varicosas

Aplicação: Pontual vermelho sobre o leito da ferida e pontual infravermelho periferida. Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: Associar a drenagem linfática de membros inferiores (1 vez por semana) e Drenagem de Almeida-Lopes* a cada 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho e infravermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Mastite

Aplicação: Pontual ao redor de toda a mama com pontos equidistantes em 1,5 cm.

Nos quadrantes inferiores da mama, aplicar com distância de 1 cm entre os pontos.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: Associar a drenagem linfática - Drenagem de Almeida-Lopes* a cada 72 horas.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 2 a 3 J

Mucosite Oral (Prevenção)

Ação: Pontual em toda mucosa jugal, vestíbulo, língua, base da língua e úvula.

Pontos equidistantes em 1 cm.

Aplicação: A cada 24 horas durante os dias da quimioterapia e radioterapia.

Posologia: Esse tratamento deverá ser TOTALMENTE INDIVIDUALIZADO.

Observações: É imprescindível a autorização do oncologista do paciente.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 J

Mucosite Oral (Tratamento)

Ação: Pontual em toda a área ulcerada.

Pontos equidistantes em 1 cm.

Aplicação: A cada 24 horas durante a existência das ulcerações, podendo associar 2 a 3 J infravermelho no entorno da área ulcerada, para manejo da dor.

Posologia: Esse tratamento deverá ser TOTALMENTE INDIVIDUALIZADO.

Observações: É imprescindível a autorização do oncologista do paciente.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J 

Pé Diabético

Aplicação: Pontual vermelho sobre o leito e bordas da ferida. Pontual infravermelho periferida.

Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: Associar a drenagem linfática de membros inferiores (1 vez por semana) e Drenagem de Almeida-Lopes* a cada 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho e infravermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Pós-Operatório

Aplicação: Para cicatrização por primeira intenção: aplicar pontos sobre a lesão, evitando o fio da sutura.

Para cicatrização por segunda intenção: aplicar pontos ao redor e dentro da lesão.

Pontos equidistantes a cada 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: No caso de o paciente apresentar queixa de dor, associar pontos de 3 a 4 J de laser infravermelho na perilesão.

  • Emissor: Laser vermelho e infravermelho
  • Energia: 1 a 3 J

Queimaduras Grau 1

Aplicação: Pontual vermelho sobre as bordas, interior da lesão e periferida.

Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: No caso de o paciente apresentar queixa de dor, associar pontos de 3 a 4 J de laser infravermelho na perilesão.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Queimaduras Grau 2

Aplicação: Pontual vermelho sobre as bordas, interior da lesão e periferida. Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: No caso de o paciente apresentar queixa de dor, associar pontos de 3 a 4 J de laser infravermelho na perilesão.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 J

Queimaduras Grau 3

Aplicação: Pontual vermelho sobre as bordas e dentro da ferida. Pontual infravermelho periferida. Pontos equidistantes a cada 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: No caso de o paciente apresentar queixa de dor, associar pontos de 3 a 4 J de laser infravermelho na região perilesão.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Radiodermite (Prevenção)

Aplicação: Pontual em toda a área a ser irradiada. Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Radiodermite (Tratamento)

Aplicação: Pontual em toda a área irradiada. Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: No caso de o paciente apresentar queixa de dor, associar pontos de 3 a 4 J de laser infravermelho na perilesão.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Síndrome de Fournier

Aplicação: Pontual vermelho sobre a lesão, bordas e periferida. Pontos equidistantes em 1 cm.

Posologia: A cada 48 ou 72 horas.

Observação: Associar o PDT 1 vez por semana (para controle da infecção).

No caso de o paciente apresentar queixa de dor, associar pontos de 3 a 4 J de laser infravermelho na perilesão.

Associar a drenagem linfática (1 vez por semana) e Drenagem de Almeida-Lopes* a cada 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho e infravermelho
  • Energia: 1 a 2 J

Úlceras do Pé Neuropático

Aplicação: Pontual vermelho sobre o leito e bordas da ferida. Pontual infravermelho periferida. Pontos equidistantes a cada 1 cm.

Posologia: A cada 48 a 72 horas.

Observação: Associar a drenagem linfática de membros inferiores (1 vez por semana) e a Drenagem de Almeida-Lopes* a cada 72 horas.

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 1 a 2 J

DRENAGEM LINFÁTICA

Auxiliares (Laterais Anteriores)

Ação: Ativar os principais linfonodos envolvidos na drenagem linfática da mama em tratamento.

Aplicação: Aplicar pontual sobre os linfonodos da região.

Posologia: A cada 72 ou 96 horas.

Sequência: Mamários Internos, Laterais Posteriores e Laterais Anteriores.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Auxiliares (Laterais Posteriores)

Ação: Ativar os principais linfonodos envolvidos na drenagem linfática da mama em tratamento.

Aplicação: Aplicar pontual sobre os linfonodos da região.

Posologia: A cada 72 ou 96 horas.

Sequência: Mamários Internos, Laterais Posteriores e Laterais Anteriores.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Bochechas

Linfonodos: Submandibulares (a maior parte).

Cervicais profundos e raramente os superficiais.

Parotídeos (parte posterior).

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Cervicais Profundos Superiores

Ação: Parte posterior da cabeça e pescoço, orelha, língua, laringe, esôfago, glândula tireoide, parte nasal da faringe, parte posterior do pálato e da cavidade nasal, soalho da boca, bochecha, glândulas parótida, submandibular e sublingual, tonsila palatina.

Aplicação: Na infecção, alteração inflamatória ou trauma de parte posterior de palato, soalho de boca ou glândula parótida.

Posologia: Varia de acordo com o tipo e extensão do edema. Geralmente entre 1 e 2 vezes por semana.

Sequência: Cervicais Profundos Superiores e Cervicais Profundos Inferiores.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Cervicais Superficiais

Ação: Drenam couro cabeludo, lóbulo da orelha e área cutânea adjacente, boca, região parotídea e faringe.

Aplicação: Drenam a região de pré-tragus, glândula parótida, estruturas internas do trígono carotídeo e o processo mastóide.

Posologia: Varia de acordo com o tipo e extensão do edema. Geralmente entre 1 e 2 vezes por semana.

Sequência: Cervicais Profundos Superiores, Cervicais Profundos Inferiores.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Dentes Inferiores (Incisivos)

Linfonodos: Submentuais.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Dentes Superiores e Inferiores

Linfonodos: Submentuais (exceto incisivos inferiores).

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Drenagem de Almeida-Lopes

Técnica:

  1. A técnica aqui descrita visa ativar a drenagem linfática de uma região onde está estabelecido um quadro inflamatório ou infeccioso.
  2. Essa ativação é feita com a ponteira do laser posicionada sobre a cadeia linfonodal responsável pela drenagem da região acometida, com a finalidade de estimular seus linfonodos diretamente.
  3. Recomenda-se a utilização de um laser infravermelho (808 nm).
    Aplica-se dose de energia entre 3 e 5 J em cada linfonodo. O número de sessões varia de 2 a 3, com intervalo de dois dias entre as sessões para afecções agudas e 1 vez por semana para infecções crônicas.
  4. O número de sessões variará em função do tempo de duração do quadro inflamatório.

Gengivas (Dentes Inferiores)

Linfonodos: Submentuais e submandibulares.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Gengivas (Lingual dos Dentes Superiores)

Linfonodos: Cervicais profundos Submandibulares.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Gengivas (Vestibulares dos Dentes Superiores)

Linfonodos: Submandibulares.

Cervicais profundos (raras vezes).

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Glândula Parótida

Linfonodos: Parotídeos e cervicais profundos.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Glândula Sublingual

Linfonodos: Submandibulares e cervicais profundos.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Glândula Submandibular

Linfonodos: Submandibulares e cervicais profundos.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infrevermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Inguinais Superficiais (Grupo Horizontal)

Ação: Ativar os principais linfonodos envolvidos na drenagem linfática do membro inferior portador da lesão em tratamento.

Aplicação: Aplicar pontual sobre os linfonodos da região.

Posologia: A cada 72 ou 96 horas.

Sequência: Poplíteos e Inguinais Superficiais.

  • Emissor: Laser infrevermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Inguinais Superficiais (Grupo Vertical)

Ação: Ativar os principais linfonodos envolvidos na drenagem linfática do membro inferior portador da lesão em tratamento.

Aplicação: Aplicar pontual sobre os linfonodos da região.

Posologia: A cada 72 ou 96 horas.

Sequência: Poplíteos e Inguinais Superficiais.

  • Emissor: Laser infrevermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Lábio Inferior (Porção Média)

Linfonodos: Submentuais.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infrevermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Lábio Superior e Lábio inferior (Porções Laterais)

Linfonodos: Submandibulares.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infrevermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Lesões de Membros Inferiores

Linfonodos: Ativar os principais linfonodos envolvidos na drenagem linfática da região acometida.

Aplicar pontual sobre a cadeia linfonodal principal.

Posologia: A cada 72 horas.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Língua (Ápice)

Linfonodos: Submentuais.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Língua (Corpo)

Linfonodos: Cervicais profundos D e E (júgulo-omo-hióideo).

Submandibulares.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infrevermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Língua (Margem)

Linfonodos: Submandibulares e cervicais profundos.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

íngua (Raiz)

Linfonodos: Cervicais profundos D e E (jugulo-digástrico).

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Mamários Internos

Ação: Ativar os principais linfonodos envolvidos na drenagem linfática da mama em tratamento.

Aplicação: Aplicar pontual sobre os linfonodos da região.

Posologia: A cada 72 ou 96 horas.

Sequência: Mamários Internos, Laterais Posteriores e Laterais Anteriores.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Pálato

Linfonodos: Cervicais profundos (júgulo-digástrico - a maior parte)

Retrofaríngeos

Submandibulares.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infrevermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Parotídeos

Ação: Glândula parótida, meato acústico externo, pele da região temporal anterior, cavidade timpânica, parte posterior da bochecha, partes laterais da fronte e pálpebras, raiz do nariz, parte nasal da faringe e partes posteriores da cavidade nasal.

Aplicação: Na infecção, alteração inflamatória ou trauma na ATM e alterações na altura dos molares inferiores.

Posologia: Varia de acordo com o tipo e extensão do edema. Geralmente entre 1 e 2 vezes por semana.

Sequência: Cervicais Superficiais e Cervicais Profundos.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Poplíteos

Ação: Ativar os principais linfonodos envolvidos na drenagem linfática do membro inferior portador da lesão em tratamento.

Aplicação: Aplicar pontual sobre os linfonodos da região. Recomenda-se fazer alguns pontos ao longo do trajeto da veia safena magna.

Posologia: A cada 72 ou 96 horas.

Sequência: Poplíteos e Inguinais Superficiais.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Pós-Operatório de Mama

Linfonodos: Ativar os principais linfonodos envolvidos na drenagem linfática da região acometida. Aplicar pontual sobre a cadeia linfonodal principal.

Posologia: A cada 72 horas.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Soalho da Boca

Linfonodos: Submentuais.

Submandibulares.

Cervicais profundos.

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Submandibulares

Ação: Drenam soalho da boca, língua e face vestibular do lábio inferior, dentes e suas respectivas gengivas superiores e inferiores (com exceção dos incisivos inferiores), molares superiores e inferiores, bochecha, lábios superior e inferior, corpo e margens da língua, glândulas submandibular e sublingual, mento, nariz, partes anteriores da cavidade nasal e do palato.

Aplicação: Na infecção ou alteração inflamatória no soalho da boca, língua, face vestibular do lábio inferior e molares superiores e inferiores.

Posologia: Varia de acordo com o tipo e extensão do edema. Geralmente entre 1 e 2 vezes por semana.

Sequência: Cervicais Profundos, Cervicais Superiores e Cervicais Inferiores.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Submentuais

Ação: Drenam soalho da boca, ápice da língua, incisivos inferiores e sua gengiva vestibular, parte média do lábio inferior, bochecha e parte cutânea do mento.

Aplicação: Na infecção ou alteração inflamatória no soalho da boca, ápice da língua e incisivos mandibulares, e nas sialoadenopatias das glândulas da região.

Posologia: Varia de acordo com o tipo e extensão do edema. Geralmente entre 1 e 2 vezes por semana.

Sequência: Submandibulares, Cervicais Profundos e Cervicais Profundos Inferiores.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

Tonsila Palatina

Linfonodos: Cervicais profundos (júgulo-digástrico).

Posologia: A cada 48/72 horas para edema agudo. 1 ou 2 vezes por semana para edema crônico.

  • Emissor: Laser infravermelho
  • Energia: 3 a 4 J

PDT

Feridas Contaminadas

Inserção de solução de azul de metileno:

  • 0,01% (em regiões com sangramento).
  • 0,005% (em regiões sem sangramento).

Espera de 5 a 15 minutos: tempo de pré-irradiação.

Irradiação de laser vermelho.

Remoção do agente sensibilizador.

Aplicação:

  • Limpeza adequada da área lesionada
  • Aplicação do fotossensibilizador - azul de metileno (0,01 % ou 0,005 %)
  • Espera de 05 a 10 minutos: tempo de pré-irradiação
  • Irradiação pontual com laser vermelho, a cada 1,5 cm de distância de um ponto ao outro
  • Remoção (optativa) do agente fotossensibilizador

Posologia: 1 vez por semana

Observações: Recomenda-se fazer o uso da PDT

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 9 J

Fissura Mamilar com Candidíase

Inserção de solução de azul de metileno:

  • 0,01% (em regiões com sangramento).
  • 0,005% (em regiões sem sangramento).

Espera de 5 a 15 minutos: tempo de pré-irradiação.

Irradiação de laser vermelho.

Remoção do agente sensibilizador.

Aplicação:

  • Limpeza adequada da área lesionada
  • Aplicação de azul de metileno (0,01 % ou 0,005 %)
  • Espera de 05 a 10 minutos: tempo de pré-irradiação
  • Irradiação pontual com laser vermelho, a cada 1,5 cm de distância de um ponto ao outro
  • Remoção (optativa) do agente fotosensibilizador

Posologia: 1 vez por semana

Observações: Recomenda-se fazer o uso da PDT

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 9 J

Infecção Fúngica

Inserção de solução de azul de metileno:

  • 0,01% (em regiões com sangramento).
  • 0,005% (em regiões sem sangramento).

Espera de 5 a 15 minutos: tempo de pré-irradiação.

Irradiação de laser vermelho.

Remoção do agente sensibilizador.

Aplicação:

  • Limpeza adequada da área lesionada
  • Aplicação de azul de metileno (0,01 % ou 0,005 %)
  • Espera de 05 a 10 minutos: tempo de pré-irradiação
  • Irradiação pontual com laser vermelho, a cada 1,5 cm de distância de um ponto ao outro
  • Remoção (optativa) do agente sensibilizante

Posologia: 1 vez por semana

Observações: Recomenda-se fazer o uso da PDT

  • Emissor: Laser vermelho
  • Energia: 9 J

Fale Conosco

Em breve retornaremos o contato *Campos obrigatórios

Ou utilize os contatos abaixo

Telefone:

+55 16 2107-2318

WhatsApp:

+55 16 99606-2858

E-mail:

contato@nupen.com.br